.

Getty Images e SeeHer lançam guia sobre diversidade e inclusão em campanhas publicitárias envolvendo mulheres




Visando mudar como as mulheres são retratadas em anúncios publicitários, a Getty Images e o movimento SeeHer, da Associação Nacional de Anunciantes dos Estados Unidos, lançaram um guia sobre diversidade e inclusão para diversificar narrativas visuais.


A iniciativa, chamada "Narrativas Visuais Inclusivas para Mulheres: Um Guidebook para Promover a Diversidade", busca ajudar profissionais de marketing a selecionar conteúdo visual mais inclusivo na criação de campanhas.


Além de dicas de pesquisa para palavras-chave, o material também apresenta uma seleção de imagens "ousadas e diversificadas" criadas em torno de mulheres, pessoas que se identificam como mulheres e não binários, para exemplificar os conceitos do guia. As imagens não passaram por retoques digitais e podem ser usadas comercialmente.


De acordo com o CEO da Getty Images, Craig Peters, o potencial de um anúncio publicitário aumenta, caso esteja alinhado à realidade. “Uma pesquisa revelou que 85% das mulheres acreditam que os anunciantes precisam retratar o mundo real quando buscam representa-las. Isso diz muito sobre o novo panorama e exigências do consumidor, do mercado e da sociedade”.


Dados do mesmo estudo, conduzido de forma conjunta pela Unilever, J. Walter Thompson, Tivo Research e Edelman Intelligence, mostram que 55% das pessoas acreditam que as mulheres são retratadas negativamente na mídia.


“Profissionais de marketing, publicidade e anúncios devem olhar para esses números e sentir vontade de mudá-los. A Getty Images procura contribuir com essa busca, e o novo guia é uma das iniciativas que temos nesse sentido”, disse Peters.


Palavras-chave


Segundo o guia, as pesquisas por imagens em fontes de conteúdo visual são mais eficazes quando as palavras-chave da descrição são combinadas com assuntos específicos.


O material apresenta sugestões como "corpo verdadeiro" e "corpo positivo" para imagens que retratem corpos, "50-59 anos de idade e apenas mulheres" e "mulher madura" para idade, e "LGBTQ+", "Lesbica" e "Bisexualidade" para orientação sexual.


Uma recente pesquisa da Getty Images constatou que as palavras-chave “mulher empoderada” aumentaram em 138%, “poder feminino” em 133% e “inclusão” em 126% de 2018 a 2019.


"Embora tenhamos visto uma mudança positiva na popularidade das imagens que representam as mulheres de forma realistica, há muito mais a ser feito, seja em um documento interno, em um post de mídia social ou em uma campanha global", disse Peters.

O guia "Narrativas Visuais Inclusivas para Mulheres: Um Guidebook para Promover a Diversidade" pode ser baixado de forma gratuita e em português no site http://engage.gettyimages.com/guidebook-gettyimages-seeher.


fonte Mundo Marketing

0 visualização
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram